O facelift da gama desportiva da Ford fará a sua estreia no Salão de Frankfurt, esta semana. A grande novidade é o aumento de potência do 5.0 V8.

A Ford apresentou o facelift do Mustang com especificação para o mercado europeu a poucos dias da abertura do Salão de Frankfurt, na Alemanha. O modelo desportivo (ver galeria), que chegará ao mercado nacional no segundo trimestre de 2018, contempla mudanças no motor V8 5.0, da versão GT, que passa a debitar 450 cv (em vez de 421 cv), a funcionar em conjunto com a nova caixa automática de dez velocidades, com patilhas no volante. Em virtude disso, esta versão melhorou as suas prestações e consumos, segundo a Ford - que ainda não revelou os valores finais. O 2.3 Ecoboost, em contraste, foi alvo de um “downgrade” baixando dos atuais 317 para 290 cv.

O 5.0 chega ao red line mais tarde, conta com um novo sistema de injeção direta de alta pressão e mais binário. A caixa manual de seis velocidades foi melhorada para permitir passagens mais rápidas. O 2.3 conta com um novo filtro de partículas que lhe permite cumprir a norma Euro 6.2. A performance não foi afetada, estando também disponível com a nova caixa de 10 relações.

O 2.3 traz ainda o sistema Electronic Line Lock, que permite fazer burnout e nova instrumentação digital com ecrã de 12 polegadas. Há algumas mudanças no interior a contemplar materiais mais suaves ao toque na consola central e no forro das portas. O equipamento passa a incluir faróis em LED de série, havendo cruise control adaptativo em opção. Os sistemas de aviso de saída de faixa, de permanência na faixa de rodagem, foram incluídos. Destaque ainda para os acabamentos em alumínio, novas cores exteriores e opções de jantes.

Realce ainda para a suspensão regulável Magneride (em opção) e para os dois novos modos de condução Drag Strip Mode e My Mode (configurável). O novo sistema de escape Active Valve Performance Exhaust ajuda a reduzir o ruído ao mínimo.

Assine Já

Edição nº 1458
Já nas bancas

Digital Papel

Top

Os mais recentes